Governo de Minas Gerais aprova novo plano de carreira de professores do ensino superior
Assinatura de acordo estabelece e garante benefícios requeridos pela categoria
Publicado: 09/05/2018 10:36

Foto: Gabriel Maciel
Foto: Gabriel Maciel

Foi realizada, na tarde dessa terça-feira (8/5), na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), um encontro com representantes da Secretaria de Planejamento (Seplag), Reitoria da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), Adunimontes, Sindicato dos Professores da Universidade do Estado de Minas Gerais (Sinduemg) e Associação dos Docentes da Universidade Estado de Minas Gerais (Aduemg). A reunião oficializou a assinatura do acordo que estabeleceu a garantia de um novo plano de carreira dos professores das universidades estaduais. A conquista celebra o empenho da Sedectes na busca pela excelência da qualidade do ensino superior.

As negociações realizadas com a categoria propuseram as bases para o futuro dos professores. Após o aceite, foi definido o fim da greve nas universidades, com retomada das aulas na próxima segunda-feira (14/5). O Governo de Minas Gerais se comprometeu a garantir as nomeações e continuidade do concurso. A nomeação vai abranger 31 aprovados da Unimontes.

A nova carreira resgata as bases da proposta apresentada em agosto de 2015, como o aporte de R$ 85 milhões nas carreiras de educação superior da UEMG e Unimontes. Toda a proposta será enviada para a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) para aprovação e implantada a partir do momento que superar as vedações da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).