Campanha ajudará nos cuidados e adoção da população canina do campus
Publicado: 06/09/2017 10:44

Foto: Christiano Jilvan | Ascom Unimontes
Foto: Christiano Jilvan | Ascom Unimontes

Foi iniciada na Universidade Estadual de Montes Claros uma campanha que envolverá uma série de ações relacionadas com a população canina das dependências do campus-sede. O trabalho foi viabilizado a partir de parceria com a Clinicão Clínica Veterinária, coordenada pela médica veterinária Cláudia Porman.

Conforme o diretor de Gestão de Campi da Unimontes, Humberto Velloso Reis, um dos destaques no trabalho será uma campanha de adoção, buscando o envolvimento de acadêmicos e de pessoas da comunidade. Também está prevista a castração de animais.

A campanha foi iniciada com um levantamento que visa identificar a quantidade exata de cães abandonados que estão nas instalações do Campus Universitário. Será feita a catalogação dos animais, que terão assistência veterinária, com consultas, exames e medicação. A catalogação servirá como base para a castração de cães.

Humberto Velloso Reis destaca a importância da parceria com a Clinicão, que vai possibilitar uma solução para a superpopulação de cães abandonados no Campus Universitário, uma questão antiga enfrentada pela Unimontes. Ele destaca que o objetivo da universidade é garantir a boa assistência aos animais e reduzir a população canina no campus com a castração e campanha de adoção, ações que serão viabilizadas a partir da nova parceria e com o envolvimento da comunidade acadêmica e do público em geral.