Unimontes certifica profissionais na área de Tecnologia de Impressão em 3D
Publicado: 10/02/2017 10:31

Foto: Andrey Librelon/Unimontes
Foto: Andrey Librelon/Unimontes

Quinze servidores da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), entre professores e técnico-administrativos, receberam nesta quarta-feira (8/2) certificados de conclusão do 1º módulo do curso “Tecnologia de Impressão em 3D”. A iniciativa faz parte da proposta de implantação do Laboratório 3D da Unimontes – “FabLab”. A iniciativa tem o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes). A ideia surgiu em 2015 com a participação do professor alemão Martin Bernhard, referência em estudos da área de tecnologia em 3D. 

Ele atua como consultor em cursos no Brasil e na Alemanha. Com o apoio da Sedectes, os cursos foram financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), como parte do programa de inovação tecnológica com universidades alemãs. 

Uma equipe liderada pelo subsecretário de Ensino Superior, professor Márcio Rosa Portes, iniciou as ações para viabilização dos cursos e de parcerias para capacitação de servidores e oferta de material humano. “Testemunhamos aqui o resultado de ações positivas para incremento da inovação e da tecnologia. A Universidade capacita agora os servidores para um projeto bem mais amplo que é de criação do laboratório em 3D, com perspectivas de se tornar referência para interagir com os setores produtivos e realizar pesquisas aplicadas com ênfase em tecnologia 3D”. 

>> Veja mais fotos do evento

Além disso, acrescenta o subsecretário, “a Sedetecs colocou toda equipe de trabalho para apoiar o projeto de criação da “FabLab” para que o laboratório tenha financiamento da Fapemig”. 

Durante a solenidade de entrega dos certificados, o secretário também enalteceu a importância em estimular novas pesquisas no âmbito da tecnologia 3D, gerando aplicações e soluções para o mercado local e global. 

O reitor da Unimontes, professor João dos Reis Canela, destacou o investimento em conhecimentos tecnológicos como forma de contribuir com o desenvolvimento regional. “Para a Universidade é um momento extremante importante, uma vez que recebemos em nosso campus um especialista referência na Europa, em parceria com o Governo do Estado, para promover não somente a capacitação dos nossos servidores e professores, como facilitar a troca de experiências na área de tecnologia em 3D”, disse o reitor. 

"A vinda de um profissional de ponta diretamente da Alemanha é um grande diferencial para a Unimontes. A capacitação em tecnologia 3D abre novas possibilidades de pesquisa e de extensão para nosso corpo técnico e docente”, ressaltou o diretor de TI da Unimontes, professor Alcino Franco de Moura Júnior, coordenador do curso de Tecnologia em 3D. 

O professor Martin Bernhard falou sobre os avanços da tecnologia 3D, citando quais países lideram a corrida nesta nova tecnologia. O relatório mundial sobre Propriedade Intelectual 2015, da ONU, aponta que Japão, Estados Unidos, Alemanha, França, Reino Unido e Coreia do Sul são responsáveis por 75% dos pedidos de novas patentes na área de impressão 3D, robótica e nanotecnologia. O professor agradeceu a parceria com a Unimontes e se colocou à disposição para mais parcerias e estimulo a inovação e tecnologia. 

As datas para os próximos módulos serão definidas.

DEPOIMENTO – Administrador de Redes da DTI/Unimontes, Hugo Souza pondera que “a participação no curso é muito interessante, pois é mais uma maneira de trazer novas tecnologias para a universidade e para o Norte de Minas”. Segundo ele, “todos os participantes estão motivados para criar estudos, pesquisas e até mesmo protótipos na área. O objetivo é mostrar na prática como funciona a tecnologia. E estamos nos preparando para isso”.