Delegação mineira participa de Startup Games, no Rio de Janeiro
Vinte e duas empresas aceleradas em MG foram selecionadas para competição tecnológica, realizado pelo consulado britânico
Publicado: 08/08/2016 12:01


A delegação mineira já está na cidade maravilhosa para buscar a medalha de ouro no Startup Games 2016. Realizado pelo Consulado Britânico, a competição entre empresas acontece hoje (08) e amanhã (09), durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Dos 50 competidores de todo o mundo, 22 startups, que recebem apoio da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), são aceleradas em Minas Gerais, estado com maior número de participantes.

 

Durante a disputa, as startups serão incluídas em um aplicativo desenvolvido especialmente para o evento, um jogo que simula uma bolsa de valores. Cada empresa recebe 100 ações e 10 milhões de libras virtuais para investir nas outras startups durante as atividades. Ao final, o grupo que tiver mais ações, ou seja, receber mais investimento pelos outros participantes, será o grande vencedor. No total, serão premiados três startups e três investidores.

 

Além da competição, os empreendedores participam de workshops sobre empreendedorismo com investidores renomados no mundo. O objetivo da disputa é promover o networking entre os atores do mercado empreendedor dos dois países e estreitar o contato de negócios, além de possibilitar grande visibilidade internacional para os participantes.

 

Única competição de startups do mundo nestes moldes, o evento inclui empreendedores, especialistas do Reino Unido e do Brasil, mentores, investidores, aceleradoras e instituições de empreendedorismo nacionais e internacionais. A primeira edição ocorreu na Inglaterra, durante as Olimpíadas de 2012, e a vencedora entrou para a bolsa de valores de Londres apenas um ano após o Game, avaliada em 10 milhões de libras. Devido ao grande sucesso, o Consulado decidiu repetir a competição no Brasil e conta com apoio do governo estadual de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES), que está fornecendo apoio à delegação mineira com transporte e acomodação na capital fluminense.

 

Ecossistema de Minas Gerais

O alto número de startups representantes de MG selecionadas não é por acaso. O estado vem se destacando como polo de empreendedorismo nacional e internacional, além de ser uma potência em ciência e tecnologia. Minas é o segundo maior ecossistema de startups do Brasil, com cerca de 400 empresas; abriga o San Pedro Valley, comunidade de empreendedorismo que é referência para negócios de base tecnológica no país, e os clusters de Santa Rita do Sapucaí, BH-Tec e Viçosa; conta com mais de 20 incubadoras distribuídas em 16 cidades; e é o maior estado em número de universidades públicas do Brasil (11 federais e 2 estaduais).