Público mineiro lota Fórum de Mídias Sociais em Belo Horizonte
Evento reuniu mais de 900 pessoas em tarde de palestras e debates sobre o universo digital
Publicado: 22/03/2016 12:48


Belo Horizonte recebeu, na tarde de ontem (20), alguns dos maiores nomes das mídias sociais do país, durante o FOMS – Fórum de Mídias Sociais. O evento teve como objetivo mostrar ao público as possibilidades de negócios e desenvolvimento nas plataformas digitais, por meio de palestras e painéis de debate.

 

As mais de 900 pessoas presentes no evento tiveram oportunidade de conhecer os principais desafios e tendências da área, a partir da história de personalidades da internet como Cid Não Salvo, Cris Guerra e PC Siqueira. Os palestrantes contaram sua trajetória e deram dicas importantes para quem quer atuar nas redes. Para Bella Falconi, fenômeno fitness do Instagram, “uma das principais estratégias para ter sucesso nas redes sociais é ser capaz de se reinventar.”

 

Entre as tendências de mercado para os próximos anos, as plataformas digitais atuam como alternativa às atividades econômicas tradicionais, estabelecendo um ambiente novo e inspirador. Para Maurício Cid, criador do blog Não Salvo e responsável pela viralização de diversos temas na internet, “as redes sociais aproximam o on e o off-line, diminuindo a diferença entre o real e o digital. Hoje, a internet é de todo mundo e reflete o que se passa na sociedade. Ela mudou a minha vida, e pode mudar a de qualquer um”.

 

Empreendedorismo na rede

Despontando como alternativa ao cenário econômico, a atuação em redes sociais vem ganhando destaque como forma de negócio. Segundo Erick Krominski, empreendedor e idealizador do Portal Muito Interessante, as mídias sociais se transformaram em um ambiente com ferramentas incríveis para empreender. Para ele, “com as redes sociais e a internet como um todo, qualquer pessoa com um dispositivo conectado, criatividade e trabalho apaixonado pode se tornar relevante e gerar valor para um mercado ou audiência específicos”.

 

Erick comandou o evento com humor e interação, levantando questões como a importância de tirar as ideias do papel e de fazer tudo com autenticidade. Em bate-papo com PC Siqueira, vlogueiro criador de canais de grande sucesso, ele discutiu as oportunidades disponibilizadas na internet atualmente. Para PC, não falta espaço ou público para quem quer investir nas redes online. “A internet criou novas profissões e qualquer pessoa pode investir na área. Só é preciso ter paciência e nunca deixar de se reinventar, para continuar sendo relevante”, afirma.

 

Amplo alcance

O FOMS abriu dois lotes de inscrições gratuitas e teve todas as vagas preenchidas em poucos minutos. Com mais de 45 mil acessos ao link de inscrições, o evento disponibilizou transmissão online em tempo real, acessada por mais de 2 mil pessoas. A interação pelas redes sociais também teve números surpreendentes, alcançando mais de 3 mil publicações somente no Instagram.

 

A reação do público no espaço do evento e pela internet reforçou a importância de contar histórias de sucesso para incentivar novas atitudes. Para Isadora Faria, jornalista que esteve presente no Hotel Ouro Minas, “todos os palestrantes trouxeram sua pegada profissional, inovadora e empreendedora, servindo de exemplo para todos nós. Tenho a certeza de que todos que acompanharam saíram com a cabeça borbulhando de novas ideias”.

 

Para completar a interação, o evento contou com a participação via teleconferência dos mineiros que assistiram às palestras pelas UAITECs do estado. Foram 119 unidades conectadas ao Fórum em tempo real, acompanhando tudo o que acontecia e enviando suas perguntas. Talles Augusto, coordenador da UAITEC de Prata, no Triângulo Mineiro, fez sua pergunta ao vivo para os palestrantes e reforçou o potencial mineiro na tecnologia. “A modernidade chegou a Minas Gerais, e chegou pra ficar. A integração de projetos como o FOMS e as UAITECs gera resultados fantásticos e abre novos caminhos para os mineiros”, destaca.

 

Estado da inovação

O Fórum de Mídias Sociais inaugurou um extenso calendário de eventos planejado pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais - Sectes. Durante o ano, serão promovidos festivais e competições voltados para empreendedorismo e inovação, buscando incentivar o cenário de ciência e tecnologia no estado.

 

Segundo Miguel Corrêa, Secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o FOMS dá início a um movimento que visa a ampliar o potencial de Minas como berço de ideias inovadoras, impulsionando a criação de soluções que melhorem a vida dos mineiros. “A internet passou a ocupar um lugar essencial no desenvolvimento de negócios e de pessoas e hoje a tecnologia está entre os principais resultados da criatividade e do empreendedorismo. Com eventos como o FOMS queremos mostrar que Minas Gerais está pronta para evoluir e para se tornar o estado da inovação”, completa.

 

Programação

O Fórum de Mídias Sociais contou com a abertura do Subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Dias. Apresentados por Erick Krominski, além de Cid Não Salvo, se apresentaram Cris Guerra, criadora do blog ‘Hoje Vou Assim’, Juzão, Khalil Jezini, Bella Falconi, Joy Falete, Cristina Cypriano e PC Siqueira.

 

Wesley Barbosa, executivo do Facebook e do Instagram, contou um pouco de sua trajetória e mostrou algumas possibilidades de empreendedorismo a partir das redes sociais. Os participantes também conheceram um pouco da história de empresas mineiras, como a Sympla, a Rock Content e a Méliuz, integrantes do San Pedro Valley, a primeira comunidade de startups do Brasil.