Superintendente de Atração de Empreendimentos do Governo cumpre agenda no Vale do Aço
A intenção é "plantar a semente" da utilização do lixo de resíduo sólido urbano como fonte de energia
Publicado: 03/07/2019 15:28 | Atualizado: 03/07/2019 15:32
Divulgação / Sedectes Divulgação / Sedectes

A Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço (RMVA), no intuito de fomentar novos negócios e abertura de novos mercados, mediou a visita do Superintendente de Atração de Empreendimentos e do Comércio Exterior do Governo de Minas Gerais, Eduardo Drumond Brito, e o consultor e investidor do setor de energias renováveis, Antônio Flores, na última segunda-feira (1/7).

Em um primeiro momento, o representante do estado e o investidor dialogaram com representantes dos municípios da região. Depois, os visitantes foram recebidos nas instalações do Centro de Excelência em Engenharia do Vale do Aço (CEE-MG) pelo presidente da Fiemg Regional Vale do Aço, Flaviano Gaggiato, e pelo presidente do Arranjo Produtivo Local APL – Metalmecânico, Marlon Duarte. Posteriormente, a comitiva ainda visitou as empresas Emalto Estruturas Metálicas e Lumar Metals.

“A intenção é plantar a semente da utilização do lixo de resíduo sólido urbano como fonte de energia, já que é considerada uma alternativa econômica interessante. Ao mesmo tempo, capacitar empresas do polo metalmecânico como fornecedores desses reatores que a demanda deve aumentar significativamente nos próximos anos, já que a questão do lixo é fundamental”, afirmou Brito.

Oportunidades
O consultor e investidor destacou que a região possui um grande potencial produtivo e intelectual, o que possibilita a diversificação dentro de uma das matrizes econômicas, a metalurgia. “Tive a oportunidade de estar com várias pessoas do setor privado e setor público e tive a surpresa agradável de encontrar uma região de muito desenvolvimento econômico e tecnológico. Uma das vocações da região é a metalurgia, dentro deste segmento podem-se desenvolver diversas outras atividades econômicas e tecnologias que irão atrair mais emprego, renda, impostos, dentre outros”, avalia Antônio Flores.

Para o diretor-geral da Agência de Desenvolvimento da RMVA, João Luiz Teixeira Andrade, a visita é resultado de um trabalho de estreitamento da Agência e as secretarias, executado desde o início do ano. “Estamos trabalhando muito para gerar emprego e renda, que são prioridades do Governo. Acho muito positiva a visita dos nossos convidados, pois temos o objetivo de fomentar negócios, provocar estímulos para a economia da região. Esta visita marca o início, o plantar desta semente e que a gente espera que cresça e renda bons frutos no médio e longo prazo”, destaca João Luiz.