Governo de Minas apresenta oportunidades para agência oficial de investimentos do Qatar
No primeiro compromisso da comitiva da Sede, em Doha, a equipe se reuniu com o sheik Mohamed Al Thani, diretor da Região das Américas, do Qatar Investment Authority (QIA)
Publicado: 09/11/2021 12:38 | Atualizado: 09/11/2021 18:06
Foto: Divulgação Sede Foto: Divulgação Sede

A comitiva da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sede) desembarcou, na manhã dessa terça (9/11), em Doha, na capital do Qatar, no Golfo Pérsico, para cumprir o primeiro compromisso de uma série de agendas em prol de atração de investimento para o estado de Minas Gerais.

Na reunião, realizada no Ooredoo Tower, a equipe encabeçada pelo responsável da pasta, Fernando Passalio, acompanhado da subsecretária Promoção de Investimentos e Cadeias Produtivas, Kathleen Garcia, do diretor de Atração de Investimentos da Agência de Promoção de Investimentos e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi), Ronaldo Alexandre Barquette, e do presidente da Codemge, Thiago Toscano, se reuniu com o sheik Mohamed Al Thani, diretor da Região das Américas, do Qatar Investment Authority, para apresentar oportunidades efetivas de investimentos e negócios entre Minas e Qatar.

A primeira parte da missão internacional contou com uma explanação do secretário Fernando Passalio, que mostrou as principais oportunidades em Minas Gerais, principalmente relacionadas à infraestrutura, às ciências, à agricultura, e à geração de energia solar, setor em que o estado lidera o ranking de geração distribuída no país.

“Essa agenda foi extremamente importante, pois abre as fronteiras de nosso estado com o Qatar e reforça a missão de potencializar os investimentos do fundo soberano em diversas oportunidades que Minas Gerais apresenta. Assim, teremos os recursos que precisamos e iremos promover os avanços necessários para o desenvolvimento de nosso estado”, destaca o secretário Fernando Passalio.

Na ocasião, o sheik Mohamed Al Thani demonstrou bastante interesse na construção de uma agenda de projetos envolvendo os eixos contidos na agenda para acesso ao fundo soberano de investimentos do Qatar. A reunião teve o apoio da Embaixada do Brasil em Doha, uma vez que o setor de Promoção Comercial (Secom) da instituição visa a aprofundar laços comerciais, de investimentos e de integração econômica com o Qatar.