Sede apoia evento internacional sobre cafés especiais do Brasil
Rompendo fronteiras, cafés especiais de Minas Gerais são destaque em evento promovido pela embaixada do Brasil em Lisboa, com apoio da Diretoria de Exportação, na próxima quinta-feira (28/10)
Publicado: 26/10/2021 11:49 | Atualizado: 26/10/2021 12:38
Foto: AdobeStock Foto: AdobeStock

De Minas Gerais para Portugal. Os cafés especiais do estado romperam fronteiras e serão destaque no país lusitano por meio da “Promoção dos cafés especiais do Brasil”. O evento presencial, realizado na próxima quinta-feira (28/10), pela embaixada do Brasil em Lisboa, tem o apoio da Diretoria de Promoção de Exportações da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), que definiu estratégias que permitem a inserção dos cafés especiais de Minas no mercado português.

Voltado para importadores de cafés especiais, o encontro contará com um espaço para degustação e cupping de cafés especiais de algumas empresas mineiras, e irá apresentar a relevância de Minas Gerais, que segundo subsecretária de Promoção de Investimentos e Cadeias Produtivas da Sede, Kathleen Garcia é, atualmente, o maior estado produtor de café do Brasil, contabilizando 53% da produção nacional da safra de 2020.

Minas Gerais lidera produção nacional

“Entre os estados brasileiros, Minas foi responsável por 76% das exportações brasileiras para o mundo, somando um total 3,8 bilhões de dólares. Além disso, as exportações de café de Minas, em 2020, ficaram na faixa de 12,6% das exportações mundiais”, afirma subsecretária, acrescentando que a venda de cafés mineiros para o Portugal representara 89% das vendas brasileiras de café.

O apoio da Diretoria de Promoção de Exportações da Sede (Dipex) e da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) no evento, organizado pela Embaixada do Brasil em Lisboa, será por meio da apresentação de vídeos institucionais, das regiões produtoras de cafés especiais em Minas Gerais e de empresas do setor cafeeiro.

Parceria com Câmara Portuguesa

O apoio da Sede ao encontro em Lisboa significa o estreitamento do caminho de cooperação entre Minas Gerais e Portugal, já que a equipe diplomática brasileira no país lusitano é um parceiro de primeira ordem.  “Vamos usar esse evento que está sendo realizado pela Embaixada, no dia 28/10, como impulsionador para a estratégia comercial em elaboração pela Dipex e Câmara Portuguesa, de fomento dos laços comercias de Minas Gerais com Portugal para diversos segmentos da economia do estado mineiro”, reitera a subsecretária. Nesse sentido, após o nosso apoio desta iniciativa em Portugal, realizaremos o evento “Cafés Especiais do Brasil – regiões produtoras de Minas Gerais”, em parceria com a Câmara Portuguesa de Minas Gerais, que acontecerá em formato online, no dia 18 de novembro deste ano.

“Essa é uma grande oportunidade para Minas Gerais no mercado português, que apresenta um potencial bastante significativo para diversos produtos, além de uma série de atrativos interessantes em termos comerciais, como a facilidade linguística aliada ao fato de ter uma comunidade brasileira muito grande que já conhece os produtos e entende a dinâmica do setor em Portugal. Além disso, Lisboa é porta de entrada de produtos brasileiros na Europa como um todo pelo fato de Portugal fazer parte da União Europeia”, afirma o diretor de Promoção de Exportações da Sede, Marcello Faria, acrescentando que os dois eventos serão uma oportunidade para Minas Gerais explorar melhor as oportunidades comerciais que o mercado português.

Para o presidente da Câmara Portuguesa de Minas Gerais, Carlos Alberto Lopes, o evento que será realizado entre Governo de Minas, por meio da Sede, e Câmara do Comércio de Minas Gerais confirma a boa aceitação dos produtos mineiros junto aos portugueses. “Queremos levar ao mundo, no dia 18 de novembro, algumas oportunidades, em evento online para mostrar a importadores, distribuidores, redes supermercadistas os produtos cafés especiais. A abordagem será diferente. Queremos sair do comodities do café em grão verde para um o produto mais elaborado que vai ao encontro de uma nova tendência mundial de procura do consumidor”, ressalta o presidente da Câmara Portuguesa de Minas Gerais.