Vale do Aço é destaque em feira de inovação industrial
Evento busca a atração de investimentos e a conexão de oportunidades para novos negócios
Publicado: 07/10/2021 17:34
Foto: Divulgação ARMVA Foto: Divulgação ARMVA

O Vale do Aço é uma das regiões mais industrializadas e abriga um dos mais amplos parques industriais dedicado ao setor metalomecânico do país. Com essa relevância, a região representada pela Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço (ARMVA), junto ao Sebrae Minas, Arranjo Produtivo Local Metalmecânico Vale do Aço, Sindicato Intermunicipal das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico do Vale do Aço – Sindimiva, Agência de Atração de investimentos e Comércio Exterior (Indi) e prefeituras da região é destaque na 30ª edição da Mercopar – Feira de Inovação Industrial do Mercosul, em Caxias do Sul (RS), que encerra hoje.

A feira de inovação industrial, uma das maiores no segmento na América Latina, pretende ir além da geração de negócios, mas também ser um ponto para a retomada da atividade industrial no Brasil, estabelecendo a conexão entre expositores e potenciais clientes. Neste sentido, as instituições representantes do Vale do Aço participam do evento para a prospecção de novos clientes e parcerias para a região.

O chefe do Núcleo de Assessoramento Técnico Especializado da ARMVA, Renato Martins Ferreira, destaca que o objetivo da ARMVA é apresentar o Vale do Aço como um destino de investimentos em Minas Gerais para diferentes setores da indústria.

“Estar na Mercopar possibilita o contato com empreendedores de diferentes ramos dos que temos contatos no Vale do Aço. Nos encontros diretos com dirigentes de empresas de logística, implementos agrícolas, utilitários domésticos entre outros, nós conseguimos mostrar o potencial do Vale do Aço e Minas Gerais para que esses representantes vislumbrem a região como destino de investimento para uma possível expansão, desenvolvimento de fornecedores e novos clientes, possibilitando a geração de mais negócios para o Vale do Aço e para o estado”, pontua Renato.

Agendas e Prospecção de Negócios

O analista do Sebrae Minas, Alessandro Challub, informa que durante os três dias de evento a comitiva pode realizar a aproximação e agenda junto a diversos representantes de empresas e entidades do setor produtivo.

“A feira foi muito enriquecedora, com muitas possibilidades de negócios. Participamos de várias agendas na rodada de negócios da feira. Cumprimos agenda com diretor da Randon, visitamos a fábrica da Tramontina. Visitamos o sindicato do setor metalomecânico de Caxias do Sul, além de reunião com o APL e com Sebrae no município, inclusive já com propostas de atividades futuras”, ressalta Alessandro.

Atração de investimentos

Uma das linhas de ação da ARMVA é o desenvolvimento econômico por meio da atração de investimentos para o Vale do Aço. Renato Martins indica que estar junto ao empreendedor é necessário para que esses objetivos sejam alcançados.

“A pauta do desenvolvimento econômico é muito importante e o projeto que a ARMVA desenvolve na atração de investimentos para a região passa por estreitar a relação com os empreendedores. Assim sendo, a participação em feiras de negócios, como a Mercopar, é extremamente relevante pois aproxima a ARMVA do mercado, do empreendedor”, avalia Renato.

Liderança mineira

A representação mineira e do Vale do Aço na Mercopar, com a comitiva composta pela ARMVA, INDI, Sebrae Minas, APL Meltalmecânico Vale do Aço e Sindimiva, ganha relevância ainda maior justamente na semana em que o Governo de Minas, por meio do INDI, recebeu premiações do Conselho Internacional de Desenvolvimento Econômico (IEDC), sendo a primeira instituição brasileira a receber um prêmio da Associação. O INDI foi premiado por duas iniciativas realizadas na atual gestão para a atração e promoção de investimentos no estado. O prêmio, que destaca as melhores ações de governos e empresas para o desenvolvimento, foi entregue na terça-feira (5), em Nashville (EUA), durante a conferência anual do IEDC.

Com o desenvolvimento econômico uma das prioridades do governador Romeu Zema, em apenas 2 anos e meio de governo, o Governo de Minas Gerais já atraiu R$ 136 bilhões em investimentos, e eliminou mais de 450 normas, visando a desburocratização e a liberdade econômica do estado.