Minas Gerais recebe 91 soluções tecnológicas para diminuir evasão escolar
Inscritos serão selecionados, ainda em outubro, para a semifinal da maior competição de startups de EdTech do mundo
Publicado: 01/10/2020 16:39
Foto: Deposit Photos Foto: Deposit Photos

O Hub MG, programa da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), anuncia o resultado das inscrições da maior competição de startups de EdTech do mundo, o Global EdTech Startup Awards (GESAwards). O Governo de Minas, que participa com o desafio “Como usar soluções baseadas em dados para identificar causas e prevenir o abandono escolar?”, recebeu 91 propostas de combate à evasão escolar em Minas Gerais. O resultado supera a expectativa dos envolvidos, que colocaram como meta 30 inscritos.

Oriundos de países como Suíça, Vietnã, Índia, Nigéria, Zâmbia, China, Estados Unidos, dentre outros, as startups apresentaram soluções de diferentes tipos de tecnologia e modelos de negócios, como a educação à distância, plataforma de monitoramento de alunos, interação entre os responsáveis e a escola, distribuição de dispositivos com acesso à internet para escolas e alunos, entre outras propostas.

Dos inscritos, 20,9% são da Ásia; 19,8% da África; 16,5% do Brasil; 15,4% da Europa, 11% dos demais países da América do Sul; 9,9% da América do Norte e 6,6% da América Central.

Para o coordenador do Hub MG, Thales Luan Dias, foi surpreendente e extremante positivo ver que Minas Gerais se destaca no cenário internacional, em diferentes países e continentes, ao lado de parceiros tão relevantes no meio das Edtechs. “Agora, teremos um cuidado redobrado com a seleção das melhores soluções para avançarem no processo”, explica Thales que, até o início de novembro deste ano, anuncia os semifinalistas deste processo seletivo.

Thales ainda ressalta que, a partir dessa seleção, as melhores startups irão participar de uma aceleração pela MindCET e uma imersão no estado de Minas Gerais pelo Hub MG. “Após essa aceleração em novembro, teremos uma nova seleção e elegeremos a campeã até dezembro, devendo ocorrer o anúncio oficial em janeiro, junto com as selecionadas dos demais desafios do GESAwards.

A competição

O desafio foi lançado em abril deste ano, por meio de transmissão ao vivo feita com representantes de 23 países. Startups de todo o mundo com soluções tecnológicas puderam se inscrever, escolhendo um dos seis desafios propostos: That’s Geography, Let’s Talk Data, School Dropouts, R&D Innovatin, Learn & Connect e Human-Machine Pedagogy.

As cinco startups finalistas na temática School Dropouts terão a oportunidade de fazer uma imersão no Brasil. Neste ano, o país está sendo representado por Minas Gerais, que foi selecionado por apresentar um desafio relevante e complexo: a identificação e redução da evasão escolar. Os números apresentados ao programa corroboraram a escolha. Minas possui a segunda maior rede pública de educação do Brasil, com 1,8 milhão estudantes distribuídos em 3.617 escolas. Em 2018, 82 mil alunos abandonaram a escola em Minas Gerais. Desses, 75% pertencem ao ensino médio.

Além da oportunidade de se aprofundarem no sistema público de ensino de Minas Gerais e apresentarem suas soluções para os gestores públicos, a startup vencedora receberá até US$ 100 mil, aportados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para testar sua solução junto ao Governo de Minas Gerais.

Essa iniciativa é uma parceria da Sede (Hub MG), SEE, BID, Fundação Lemann, Imaginable Futures.

 

Conheça o Hub MG

O Hub MG é um programa de inovação aberta que apoia o setor público e as médias e grandes empresas mineiras a se manterem inovadoras, conectando desafios relevantes a soluções tecnológicas ao redor do mundo, através do Ciclo de Inovação Aberta.

O Ciclo de Inovação Aberta do Hub MG tem duração média de 5 meses onde há: a definição e aprofundamento do desafio levantado pela organização, a prospecção e avaliação de soluções tecnológicas ao redor do mundo que sejam capazes de mitigar o desafio apresentado, a conexão das soluções mais aderentes à organização, a realização de testes pagos da organização para a solução tecnológica e o acompanhamento dos testes realizados.

O Hub MG já atendeu a 30 organizações no Ciclo de Inovação Aberta com a realização de 33 testes de soluções tecnológicas.

 

GESAwards

O Global EdTech Startup Awards (GESAwards) é a maior competição de startups da EdTech do mundo. Iniciada pela MindCET (Israel), a GESA foi cofundada pelo Open Education Challenge (EU) e pela EdTech UK em 2014.

Mais de 3.500 startups de todo o mundo se inscreveram no GESAwards, pela oportunidade de receber uma voz global e ser eleita como a startup mais promissora da EdTech do ano! Além de promover as melhores startups da EdTech, o GESAwards ajuda a criar ecossistemas locais da EdTech, conectar-se a um mercado global e fornecer orientação. Hoje, o GESAwards se tornou um participante significativo na promoção de soluções inovadoras de EdTech que abordam problemas educacionais reais.